Ser culto ou bem humorado?

847 visualizações.

A resposta desta pergunta vem apoiada por vários insights que tive o prazer de receber em uma palestra de Murilo Gun, realizada durante o HSM Management 2015 em São Paulo, no dia 11/11/2015.

O seu Showmanship é a comédia. Muitos conhecem seu trabalho através de vídeos de Stand up no Youtube ou participação em programas de TV. Porém, ele empreende desde 1995 e já nos proporciona seu primeiro insight quando navega no Oceano Azul e trabalha convergindo estes seus dois pontos fortes, expondo com profundidade, a relação entre comédia, criatividade e produtividade.

Segundo Murilo, o comediante olha o que todo mundo olha, porém enxerga o que ninguém vê. Além da simplicidade e objetividade, a mensagem é transformadora. Um “tapa na cara” na realidade.

Convicto de suas percepções e teorias, seguem alguns pontos que considerei mais relevantes:

BIOS – Basic Input/Output System (sistema básico de entrada e saída)

bios gun bem humorado

 

Quer ser criativo? Tenha INPUTS ! Mas o que é o input? É o seu conhecimento, repertório e percepções. Suas 3 grandes regras são:

  • Quantidade: Toda boa idéia é o resultado da combinação de várias idéias ruins. Isso mesmo, VÁRIAS idéias ruins.
  • Diversidade: Desenvolvimento do conhecimento em forma de “T”. O desenvolvimento vertical, relativo a sua área de atuação mais o horizontal ou superficial, que irá expandir a visão e dar um “novo olhar” para as coisas.
  • Raridade: Quantas pessoas tem o mesmo input que você ?

Estas 3 regras em ação, em conjunto com o seu processamento, irão proporcionar outputs diferentes, que deverão retroalimentar os inputs com novas idéias e, assim, um novo ciclo de evolução se inicia até a solução do que foi proposto.

 

Mito da Criatividade = > Combinatividade

Ser CRIAtivo, como conceito, gera um peso e um bloqueio nas pessoas que, normalmente, se auto-intitulam “não-criativas”. Está implícito na palavra, que algo precisa ser concebido do zero. Só que criatividade, na verdade, vem de uma combinação de coisas já pré-existentes e foi assim que se concebeu TODA inovação do mundo.

 

“Criatividade não é para se inventar e sim, resolver um problema.”

 

A economia colaborativa está baseada na combinatividade. Por exemplo, o Easytaxi combinou:

Utilização do GPS do celular + Potencialização dos serviços de Central de Taxis

 

Todas as grandes idéias sempre desconfortam alguém. Sabe aquela resposta: – Você está louco ?!?!

Se você escuta isso de alguém, quando divide a sua idéia, fique ligado. Ela pode ter um futuro e ser desenvolvida.

 

“As grandes sacadas vem quando estamos no modo abstrato, não no modo

concreto ou racional.”

 

Quer estimular a sua equipe a solucionar problemas? Veja só. Inicie a sua reunião, traga um problema como, por exemplo, reduzir o número de reclamações de clientes nos órgãos de regulação.

Só que antes de começar o debate, combine com todos que eles deverão, em 15 minutos, dizer as piores soluções possíveis para o problema. E reforce este ponto, AS PIORES e absurdas. Anote.

Daí teremos duas percepções importantes:

1. As pessoas se sentirão mais a vontade para trazer novos inputs;

2. Quando for feito o link para a situação real (modo racional) e com intenção clara de solução, as idéias apresentadas na primeira parte poderão ser importantes insights, mesmo sendo contrárias à solução.

 

Compartilhar, inclusive conhecimento, sempre será um grande negócio.

Fuja da comoditização. Todo mundo tem um conhecimento para multiplicar. Se você é um Gerente de Relacionamento bancário com 5 anos de experiência, poderá compartilhar seu conhecimento, por exemplo, para aquele estudante que está no 2 semestre do curso de administração e entrou como estagiário em um grande banco. Sua experiência pode virar um negócio.

Porém, o que definirá o seu sucesso, não é a situação de inteligência em si, ou de ser culto ou não. Educação não é uma parte estática do currículo. Seu objetivo é transformar, não acumular. Como usar o conhecimento é o que é mais importante pois temos, nos dias de hoje, a informação que precisarmos na palma da mão e em apenas um clique.

 

“Comportamentos e atitudes são o que nos fazem únicos.”

 

Portanto, se precisar escolher entre ser culto ou ser bem humorado, não hesite. Ser culto está ligado a conhecimentos e habilidades e ser bem humorado, no sentido amplo aqui citado, é a atitude que vai fazer você se diferenciar de mim e de qualquer outro.

Então, se você ainda não está buscando ser único e fazer algo novo e diferente…

 

” Você está de brincadeira na tomateira.” Murilo Gun

 

#hardwork papai.

Deixe uma resposta

848 visualizações